Cesar Grosso termina em 5º no Panamericano de Escalada

Cesar Grosso na final do Boulder no Combinado | Foto: Carol Coelho

O Campeonato Panamericano de Escalada 2018, em Guayaquil no Equador, chegou ao fim ontem e com um grande resultado para o Brasil. O atleta Cesar Grosso terminou em 5º lugar no combinado, o formato olímpico e principal termômetro de desempenho para os jogos de 2020.  O título do combinado ficou com o equatoriano Danny Valencia e o segundo e terceiro lugares com os americanos Kai Lightner e John Brosler.

Presença em todas as finais

Cesar Grosso esteve presente em todas as finais do Panamericano. Na primeira modalidade, a velocidade, Cesar cravou o tempo de 7.79s, seu recorde pessoal e brasileiro, que garantiu a ele um lugar entre os 16 finalistas. Com o mesmo tempo nas oitavas, Cesar garantiu a 10º colocação na modalidade.

No boulder, em uma final dominada pelos norte americanos – apenas 3 dos 10 finalistas eram sul americanos – Cesar acabou terminando novamente na 10ª colocação, posição que o deixou próximo de uma vaga na final combinada. Um bom resultado na última modalidade, a Dificuldade, poderia carimbar o passaporte de Cesar para a final no modelo olímpico.

Na Dificuldade Cesar Grosso e Felipe Ho conseguiram um lugar na final, com Cesar sendo um dos poucos a conseguir Top em uma das vias da qualificatória. Cesar escalou bem na final e terminou em 6º lugar, garantido um lugar entre os 6 finalistas do combinado. Felipe Ho ficou em 7º na Dificuldade, e juntamente com seus resultados do Boulder e Velocidade, ficou na 12ª colocação no combinado.

A final combinada foi emocionante! Nas baterias da velocidade Cesar Grosso pegou logo de cara o segundo lugar da modalidade, o equatoriano Carlos Granja. Ele foi bem, mas não conseguiu superar o equatoriano. Mesmo assim ele conseguiu um tempo bom o suficiente para ficar na 5ª colocação. Em seguida veio o Boulder, onde Cesar foi muito bem. Ele completou todos os 4 boulders propostos e terminou em 3º. Na última modalidade Cesar precisava de um segundo lugar para garantir um lugar no podium combinado, mas a tarefa não era fácil. O primeiro a escalar, o americano Rudolph Ruana, fez Top logo de cara e deixou Cesar na obrigação de também chegar ao topo para continuar na disputa. Ele escalou bem, mas caiu no final da via, bem próximo da última agarra. A tentativa garantiu para Cesar o 4º lugar na modalidade e o 5º lugar no Combinado!

Time Brasil

Time Brasil no Panamericano 2018 | Foto: Carol Coelho

Além de Cesar Grosso o Time Brasil foi formado por Thais Makino, Felipe Ho, Jean Ouriques e Pedro Nicoloso. Apesar de não estarem presentes nas finais – com exceção de Felipe na Dificuldade – o time representou bem o país e deixou o Brasil na 5º colocação entre todas as nações disputando o Pan. Thais Makino, a única representante feminina do Brasil terminou em 13º na Velocidade, 15º no Boulder e 15º na Dificuldade, ficando em 9º no combinado. Felipe Ho foi o segundo melhor brasileiro entre os homens, terminando em 12º no combinado. Na Velocidade ele foi 27º, no Boulder o 18º e na Dificuldade foi o 7º. Pedro Nicoloso veio em seguida, com a 14ª posição no combinado e Jean Ouriques o 16º. Na Velocidade eles foram 24º e 23º, no Boulder 16º e 14º e na Dificuldade 14º e 20º, respectivamente.

Seletiva para as Olímpiadas

O próximo Panamericano acontece agora somente em Fevereiro/Março de 2020, em Los Angeles nos EUA. Dessa vez a competição valerá uma vaga, em cada sexo, para os Jogos Olímpicos em Tóquio. O Pan é uma das melhores chances do Brasil conseguir uma sonhada vaga nas Olimpíadas e com certeza o resultado de 2018 é um bom indicador do que é possível alcançar em 2020. Mas o Pan é apenas a última chance, já que o último evento seletivo do calendário olímpico. O Time Brasil agora foca os esforços na preparação para o Mundial, também em Tóqui, em Agosto do ano que vem.

Resultados

Combinado Masculino | 28 atletas

1- Danny Valencia (EQU)
2 – Kai Lightner (EUA)
3 – John Brosler (EUA)
4 – Carlos Granja (EQU)
5 – Cesar Grosso (BRA)
12 – Felipe Ho (BRA)
14 – Pedro Nicoloso (BRA)
16 – Jean Ouriques (BRA)

Combinado Feminino | 13 atletas

1 – Kyra Condie (EUA)
2 – Valentina Aguado (ARG)
3 – Andrea Rojas (EQU)
4 – Ignacia Mellado Quinteros (CHI)
5 – Leslie Romero (VEN)
9 – Thais Makino (BRA)

Velocidade Masculino | 31 atletas

1 – John Brosler (EUA)
2 – Carlos Granja (EQU)
3 – Danny Valencia (EQU)
4 – Nickolaie Rivadeneira (EQU)
5 – Juan Martin Peña (EQU)
10 – Cesar Grosso (BRA)
23 – Jean Ouriques (BRA)
24 – Pedro Nicoloso (BRA)
27 – Felipe Ho (BRA)

Velocidade Feminino | 21 atletas

1 – Piper Kelly (EUA)
2 – Andrea Rojas (EQU)
3 – Leslie Romero (VEN)
4 – Alejandra Contreras (CHI)
5 – Kyra Condie (EUA)
13 – Thais Makino (BRA)

Boulder Masculino | 35 atletas

1 – Zach Richardson (CAN)
2 – Palmer Larsen (EUA)
3 – Joseph Diaz (EUA)
4 – Rudolph Ruana (EUA)
5 – Colin Wills (EUA)
10 – Cesar Grosso (BRA)
14 – Jean Ouriques (BRA)
16 – Pedro Nicoloso (BRA)
18 – Felipe Ho (BRA)

Boulder Feminino | 20 atletas

1 – Sierra Blair-Coyle (EUA)
2- Ashima Shiraishi (EUA)
3 – Valentina Aguado (ARG)
4 – Alejandra Contreras (CHI)
5 – Ignacia Mellado Quinteros (CHI)
15 – Thais Makino (BRA)

Dificuldade Masculino | 32 atletas

1 – Kai Lightner (EUA)
2 – Danny Valencia (EQU)
3 – Rudolph Ruana (EUA)
4 – Aaron Peñarada (EQU)
5 – Joseph Diaz (EUA)
6 – Cesar Grosso (BRA)
7 – Felipe Ho (BRA)
14 – Pedro Nicoloso (BRA)
20 – Jean Ouriques (BRA)

Dificuldade Feminino | 19 atletas

1 – Ashima Shiraishi (EUA)
2 – Ignacia Mellado Quinteros (CHI)
3 – Valentina Aguado (ARG)
4 – Kyra Condie (EUA)
5 – Andrea Rojas (EQU)
15 – Thais Makino

Resultados completos na página do IFSC.

Sem Respostas para "Cesar Grosso termina em 5º no Panamericano de Escalada"


    Tem algo a dizer?

    Algum HTML está OK